tv corporativa

Comunicação Interna na TV Corporativa: Conheça a URLA TV um case que transformou a comunicação da Uberlândia Refrescos

Posted by

Comunicação Interna na TV Corporativa: Já falamos como implantar uma TV Corporativa e na última semana, você descobriu a importância de investir em uma TV Corporativa na indústria, e hoje você vai conferir o relato de uma das responsáveis pela implantação do projeto de TV Corporativa para comunicação interna da Uberlândia Refrescos, localizada em Uberlândia, Minas Gerais.

Ela nos conta como foi o processo e quais são os desafios diários dessa ferramenta de comunicação no chão de fábrica. Vem com a gente conhecer esse case de sucesso!   

Com a palavra, Maria Bethania, responsável pela implantação da TV Corporativa na Uberlândia Refrescos

Case de sucesso URLA TV Comunicação interna TV Corporativa
Maria Bethania – Comunicação Interna – Uberlândia Refrescos

“Um dos grandes desafios da comunicação interna nas empresas da atualidade é entender o que comunicar, qual tipo de conteúdo gerar para o colaborador e como fazer isso”

Em uma organização do setor industrial esse desafio é maior, porque o público é muito grande e está em diferentes áreas – cargos e espaços geográficos.

Na Uberlândia Refrescos, o nosso corpo de colaboradores está separado em administrativo, indústria/produção – esses divididos em três turnos diferentes, vendedores, motoristas e ajudantes (distribuição) que trabalham na rua e, por fim, os colaboradores de outras unidades e escritórios que estão localizados em nove cidades. Somos em média 1.300 colaboradores.

Antes da TV Corporativa, possuíamos canais internos de comunicação bem eficientes e que alcançavam nosso público, como os murais impressos, e-mail corporativo, paradinha da comunicação e WhatsApp corporativo, que é utilizado por meio de listas de transmissão e a adesão é feita através da assinatura de um termo, onde o colaborador tem a opção de receber ou não informações por este canal.

Mesmo com a exigência desse documento, o canal tem uma adesão de aproximadamente 83%.

Listas de transmissões possuem segmentações e o percentual é positivo, pois conseguimos atingir um elevado número de colaboradores e ainda dividir as informações por interesse/assunto da comunicação interna. Porém, ainda faltava algo. Os meios de comunicação que utilizávamos eram estáticos, ainda que o WhatsApp permita uma comunicação animada através de vídeos.

Queríamos mais, algo moderno, que gerasse movimento, permitisse o compartilhamento de conteúdo de forma diferente e transmitisse as informações em real time, de forma que todos os colaboradores (matriz e outras cidades) recebessem ao mesmo tempo.

Comunicação interna TV Corporativa
A TV Corporativa faz com que todos os colaboradores tenham acesso às informações

Foi então que vimos na TV Corporativa várias possibilidades para atendermos nossas demandas. Trouxemos movimento para comunicação interna, através de telas com diferentes editorias e mais divulgação de imagens e vídeos.

Implantamos TVs na produção em locais diferentes, para que os colaboradores do setor também recebessem em tempo real os números e resultados das linhas de produção, eficiência dos equipamentos e afins.

Conseguimos minimizar o número de impressões que eram realizadas para divulgação desses dados, bem como otimizamos o tempo do colaborador que era responsável por disponibilizar as informações nos quadros/murais da indústria.

Com a TV Corporativa instalada na indústria, nos deparamos com o seguinte questionamento: Como gerar um conteúdo dinâmico para um público que precisa estar atento ao seu trabalho?

Foi então que entendemos que o importante é gerar conteúdos relevantes e uma média de três ou quatro informações dentro de cada editoria do canal. Informações com pouco texto e que comunique de forma clara e objetiva, sempre ligada a uma imagem que ilustre o conteúdo.

Mantemos uma periodicidade de atualização das editorias (duas ou três vezes na semana) para que o canal não fique repetitivo e, assim, caia no descrédito.

Também alinhamos o mesmo conteúdo em todas as TVs da empresa, para que esses mesmos colaboradores tenham a oportunidade de consumir a informação em outros locais (ex: refeitório, sala de convivência). Além dos conteúdos de interesse da empresa, nossa TV Corporativa nos permite associá-la a outros conteúdos como: notícias, entretenimento, dicas de saúde e curiosidades.

Disponibilizamos assim, o acesso às informações importantes do dia-a-dia. Aqui, vale uma dica: disponibilize informações que não gerem discussões e/ou polêmicas desnecessárias.

Com a TV Corporativa instalada em locais diferentes e espalhadas pela empresa, garantimos que a comunicação chegue até o colaborador, não dependendo que ele vá até um mural, por exemplo.

Através das TVs é preciso apenas que ele tenha atenção por alguns minutos. Como resultado, temos colaboradores mais informados sobre a nossa realidade corporativa. A TV Corporativa nos permite comunicar de forma moderna, atrativa, acessível e engajadora. No antigo modelo de comunicação, por exemplo, os aniversariantes do mês ficavam estáticos no mural. Imagino que, dificilmente, os colaboradores iam até esse canal de comunicação verificar quais pessoas estavam comemorando aniversário.

Com a chegada da Urla TV, a transmissão dessa informação foi melhorada. Todos os dias são divulgados os aniversariantes na TV, através da editoria “Aniversariantes do dia”.

Em uma pesquisa aplicada nos três primeiros meses do novo canal, os colaboradores afirmaram que se sentem parte da empresa com o conteúdo atualizado diariamente. Um feedback animador para a equipe de comunicação interna.

Outro ponto elogiado e bem recebido pela equipe é o anúncio dos novos colaboradores na TV Corporativa – em uma empresa que contrata novos colaboradores todos os meses, é uma necessidade informar a chegada de novas pessoas, com foto, nome e cargo.

Além disso, na editoria “Nossos Talentos”, comunicamos os colaboradores que foram promovidos.

Comunicação interna TV Corporativa
TV Corporativa: a comunicação vai onde o colaborador está

Conseguimos realizar ações de engajamento e campanhas de premiação com a TV. Essa oportunidade é muito benéfica, porque o envolvimento com as ações atrai o público para estar sempre ligado nos conteúdos divulgados no canal. Volto a dizer que a TV Corporativa proporcionou mais movimento para a nossa comunicação, se tornou mais fácil divulgar o lançamento de produtos e campanhas. Além de ter nos proporcionado a condição de divulgarmos vídeos de nossos eventos e ações internas.

É muito legal quando colocamos fotos dos colaboradores na TV, porque isso gera interação entre eles.

Nos corredores da Uberlândia Refrescos é comum ouvir: “te vi na Urla TV” ou, até mesmo, que foi visto numa matéria ou na participação de um treinamento”.

Aqui vai outra dica: não use sempre os mesmos personagens. É importante que o time de comunicação consiga colocar diferentes pessoas, de todas as áreas, na TVs. Você precisa conhecer seu público!

É claro que, falando de público interno, tudo aquilo que envolve a empresa é importante de ser comunicado, pois o colaborador é também o primeiro cliente, ele é o defensor da marca.

Por essa razão, conhecer o público faz toda diferença. É de vital importância saber o que comunicar, qual linguagem utilizar e como reter a atenção do público para os conteúdos que são divulgados.

Comunicação interna TV Corporativa
Estimule a participação de personagens de diferentes áreas nas TVs

O sucesso do canal está em assegurar que ele não se torne repetitivo e desatualizado. Uma ação importante para o alcance e manutenção da TV corporativa, é ter sempre conteúdos novos. É válido ressaltar que não é necessário que sejam colocados conteúdos novos todos os dias, no entanto, os mesmos devem ser atualizados com frequência.

Ainda é necessário retirar do ar assuntos antigos, de modo a evitar a impressão de que a TV Corporativa não está sendo cuidada pelo time de comunicação.

A receita para uma TV Corporativa ser bem aceita entre o seu público é simples: basta gerar um conteúdo que seja relevante para a organização e os colaboradores, com uma linguagem acessível e de fácil entendimento.

Para finalizar, uma das únicas coisas que a TV Corporativa exige do seu time é criatividade e disposição, porque dá para criar muito conteúdo informativo e com potencial de engajamento.

Em 2019, recebemos pelo segundo ano o prêmio “Great Place To Work” e para celebrar esse momento, fizemos uma lembrancinha para cada colaborador. Esse presente deveria ser entregue pelo líder, num momento especial com a equipe, e era preciso registrar a ocasião com foto e, posteriormente, enviá-la à equipe de Comunicação.

De posse dos materiais fotográficos, preparamos um layout personalizado para divulgarmos as fotos, nominando a área e cidade que a equipe registrada fazia parte. Uma ação simples que comunicou o prêmio, a união do time no momento e ainda proporcionou que os colaboradores de todas as cidades se conhecessem, mesmo que por fotografias. E mais, reforçou o nosso comprometimento com a organização em realizar as mesmas ações como todos os colaboradores”.

Viu só como a TV Corporativa pode transformar e melhorar ainda mais a comunicação com os trabalhadores da sua indústria? Quer fazer como a Maria Bethania e a Uberlândia Refrescos? Não perca mais tempo: fale com a gente e peça a sua proposta. Até mais!